Só posso compreender o equilíbrio quando sei também o que é o desequilíbrio.

Aquele momento em que tudo corre para o lado contrário do que desejo, em que sinto emoções fortes que me empurram para fora do meu caminho, em que o meu corpo sente tensão e dor, em que a minha mente parece uma panela de pressão e o meu coração está a correr a ultra maratona.

Aquele momento de dessintonia, em que sinto os meus gatilhos a serem apertados e em que os meus padrões emocionais, há muito cravados dentro de mim, largam-me do topo da montanha russa emocional, a reagir de forma inconsistente comigo, contrária ao que gostaria, aos meus valores ou aos meus princípios.

Estes desvios acontecem inevitavelmente, a desequilibrarem a minha balança. E sei que, naqueles momentos, tenho uma ESCOLHA – posso escolher deixar-me levar pela arrastão emocional ou posso escolher reequilibrar-me, manter a calma e tranquilizar o abano, abrandar a oscilação, abrir o para-quedas. Naqueles momentos, saber onde está o meu ponto de equilíbrio e conhecer a melhor forma de para voltar para lá é a minha salvação.

O reequilíbrio dos meus pensamentos e das minhas emoções, da minha vivência, do meu comportamento passa por conhecer-me e compreender-me como um TODO, em primeiro lugar. Compreender as minhas partes e como as posso harmonizar – mental, físico, emocional, social e espiritual. Aprender a compensa-las quando estão em desequilíbrio, aprender a geri-las de forma a assegurar a continuidade do meu bem-estar geral. Abrandar, respirar fundo, rir, descontrair, ouvir, passear, meditar, falar, ler, dançar…

Como Mãe, reconquistar o meu equilíbrio influencia tudo – a minha energia, as minhas emoções, o meu pensamento, o meu comportamento, os meus resultados, as minhas relações. Influencia diretamente o equilíbrio dos meus filhos e da relação parental. Influencia a harmonia da minha família.

O equilíbrio e o desequilíbrio, o yin e o yang, são partes do meu TODO. São partes de mim.

E é a minha escolha qual o lado em que me quero focar.

gabriela-signature_pink_


Comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published.