Cada um de nós, Mãe ou Pai, tem o seu próprio equilíbrio – aquela combinação única de energia, emoções, competências, valores, pensamentos, relações que nos identifica, que nos torna únicos. Cada um dos nossos filhos também tem o seu próprio equilíbrio. Não há dois seres humanos iguais e cada um tem a sua própria receita mágica, o seu próprio mix que resulta.

O equilíbrio não é uma corrida para a perfeição, nem uma competição para ver quem é mais rápido ou melhor. É um virar para dentro com aceitação de nós mesmos, com tolerância e gratidão, com reconhecimento e confiança. É repôr a balança por entre os desequilíbrios, com respeito para nós e para os outros.

O equilíbrio não é um ponto ou um momento. É um intervalo, um fluir, um bem-estar que pode existir mesmo que a nossa balança tenha algumas oscilações. É um entrelaçado de vivências, emoções, pensamentos, sensações que transcende o físico e o palpável. É energia, é força, é espírito, é saber que apesar de tudo, estamos juntos e estamos bem!

O caminho para o MEU equilíbrio é uma viagem essencialmente pessoal, interior, comigo mesma. O meu equilíbrio sou eu que defino, sou eu que identifico, sou eu que controlo. EU e mais ninguém!

gabriela-signature_pink_


Comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published.